© 2017 by webmasterbass.  Created with Wix.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

   Começou na música em 1992, tocando teclado, e hoje alterna seu dom entre a guitarra e o baixo, embora sempre quisesse ser baterista. Autodidata, via nas grandes bandas de heavy metal a referência e a influência necessária para se aperfeiçoar sempre mais. O estudo musical chegou em 2002, na faculdade de Educação Artística com habilitação em Música que concluiu em 2006. 

   Seu caminho até a formação da banda G.A.S. se deu através de renomadas bandas do cenário underground potiguar, como Ravengar, Terrorzone, Primordium, Lord Blasphemate e Hellspawn. Essa bagagem veio para o G.A.S. com a intenção de criar um projeto novo, autoral que saiu do papel em 2014 e ganhou forma com outros músicos conhecidos desse cenário.

   Além de guitarrista da banda G.A.S., é baixista das bandas Motorbreath (Metallica cover) e Longroad.

    A essencialidade e presença da música entre seus familiares influenciou Caio César, desde muito jovem, a se aprofundar e se aperfeiçoar no estudo da Guitarra. Sua inspiração veio do rock clássico e do heavy metal e, influenciado por guitarristas como Kiko Loureiro, Steve Vai, Van Halen e Yngwie Malmsteen, percebeu sua aptidão e decidiu ser guitarrista profissional. Aos dezesseis anos, passou a se apresentar ao público, em shows e festivais de música em sua cidade Natal/RN, voltados ao estilo Rock Alternativo, já com músicas autorais. 

    Já se apresentou em inúmeras bandas de diversos estilos diferentes, sempre mostrando versatilidade, mas impondo sua característica. Já foi sideman de nomes como Jean Walker, que é reconhecido nacionalmente como cover da voz peculiar de Michael Jackson e Nando Fernandes, vocalista de bandas como Hangar, Cavalo Vapor e projetos internacionais como o Soulspell. Integrante da G.A.S. desde 2017, Caio mantém projetos paralelos com a renomada banda de heavy metal Deadly Fate além de outros trabalhos covers pela noite natalense.

    Começou a se interessar por bateria com cerca de 12 anos, mas devido as dificuldades por este ser um instrumento de difícil acesso e não ter músicos na família, só veio tocar pela primeira vez em uma com 14 anos. A partir daí passou por diversas bandas autorais, como Blood Dragon, Damage Division e Willessence e covers do Metallica, Megadeth e Pantera, além de fazer parte da banda que acompanhou o músico Nando Fernandes (Hangar, Soulspell) em seus shows por Natal.

    Metal sempre foi seu estilo favorito em especial o hard-rock, mas após começar a tocar  na noite com a banda Mobydick, passou admirar vários artistas do rock nacional e internacional das quais não dava tanta atenção antes, como The Doors, Rolling Stones, Raul Seixas e Cazuza.

       Músico formado pela UFRN, com curso de extensão em Contrabaixo Elétrico pela Escola de Música da UFRN e pós graduação em Educação Musical, Jeff entrou na banda em 2017. Mas antes de ter eleger a música como profissão, ele já tinha no rock o seu primeiro e sério hobby.

​       A primeira banda surgiu em 1992, em Manaus. Entre 1994 e 1998, já em Curitiba, criou outras bandas como a Genghis Khan (cover do Iron Maiden) e Pontto G (rock). Ao se mudar para Natal, tocou no Base Livre (ska-rock), Aldeia Roots (reggae), Peixe Coco (rock), POTS (alternative/new metal), Boca de Sino (pop) e Uskaravelho e Terrorzone. A longa estrada rendeu gravações de discos com as bandas Pontto G (em Curitiba), Base Livre, AllFace, Officina, Aldeia Roots, Memória ROM, POTS, PeixeCoco, Boca de Sino e Leno Azevedo. 

Glay Anderson   -voz-
Italo Oliveira   -guitarra e voz-
Caio César   -guitarra e backing vocal-
Wellington Júnior   -bateria-
Jeff Soares   -baixo-

- em breve - 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now